RSS

Educadores

EDUCADORES DAS TURMAS DE 2016


Oficineiro Break/B.Boying - SOTTA 


Atualmente reside em São Paulo, B-boy, Graffiteiro e Educador, Sotta como é conhecido, esta no Breaking há mais de 6 anos e atua como integrante da Gang Style Tradicional desde 2012. Em Teresina - PI, 2009 atuou no projeto Neguinho (B-boy Brasileiro) em Workshop sobre os fundamentos do Breaking, campeonato batalha do sertão. Em 2012 participou de campeonatos e palestras como o Puber (B-boy Brasileiro na Casa das Caldeiras), Thisis  ( B-boy americano no CCJ, Kill ( B-boy Koreano) e Marcio( B-boy Frances)  no Power Move, todos em São Paulo - SP. Em 2013. Como educador cultural em diversos Workshops nos SESCs Bauru, Santo Amaro, Bom Retiro, Catanduva, entre outros. Ministrou aulas de Break na Cia de Dança Núcleo Dirceu Teresina PI, no Céu Lageado e na Ação Educativa. 



Oficineira Dj -  TATI LASER


Tati cresceu ouvindo todos os tipos de música e decidiu ser DJ ainda na adolescência quando em uma pesquisa encontrou uma oficina cultural na qual aprendeu o básico de discotecagem. Em 2007, integrou a crew de Djs As Minas Pá com Djs Vivian Marques e Dj Juju Denden. Em 2010, participou do projeto de turntablism chamado Applebum Crew com as DJs Simmone, Lisa Bueno, Mayra e Vivian Marques, que conquistou, naquele ano, o terceiro lugar na edição brasileira do Campeonato DMC. Além de comandar as pistas de diversas casas noturnas a DJ desempenhou trabalhos de educador sócio cultural nos projetos: “Hip Hop de Salto” – 2009/2010 – SP /Brasil e Cenpec Fundação Casa - 2013 – SP/Brasil Ensinando as técnicas de mixagem, apresentações e interação com os internos de 20 unidades da Fundação Casa.



Oficineiro Mc/Beatbox - Borracha


Borracha Beatbox é educador social a onze anos e desenvolve atividades pedagógicas em suas oficinas promovendo momentos lúdicos por meio de oficinas de comunicação, usando como ferramenta principal a Cultura Hip Hop e o Rádio. Especialista em imitar instrumentos com a boca (BeatBox), Mc Borracha é Locutor, Apresentador, Animador de eventos e Rapper. Em 2010, foi mestre de cerimônia do campeonato de break Dance Harmônicas Batalhas, um dos maiores eventos de dança do país e permanece atuando como apresentador em diversos espaços culturais e sócio educativos.




Oficineiro Graffiti - YURI

Conhecido como Oxil, teve o contato com a arte desde a infância. Na adolescência atuou como voluntário em recreação infantil em acampamentos, monitorando atividades lúdicas, peças teatrais e pintura facial. Aos 15 anos iniciou com o graffiti de forma comercial , pintando casas, lojas, telas em eventos, exposições e daí por diante  não parou mais. Entre os tantos trabalhos executados podemos citar alguns como:  Work shop de Graffiti para alunos do curso de Exposição de Arte pela União Européia,  a oficina de Graffiti com os Prefeitos Gilberto Kassab e Fernando Haddad; graffitou nas cidades de Porto Alegre , Rio de Janeiro, Santa Catarina, Curitiba, Ponta Grossa, Belo Horizonte e Salvador; Em 2011 participou do Intercâmbio Cultural no Chile durante 3 meses; Participou do Projeto 4km de graffiti e o Graffiti da 23 de maio (Maior graffiti da América Latina). Em 2015 foi convidado a pintar no Meeting o Styles no PERU, maior evento de graffiti do mundo e ministrou o LIVE PAINT como educador no Projeto O FUTURO DO HIP HOP durante a Formatura do Módulo II que aconteceu no Espaço Cultural Flávio Craveiro em SJC-SP e na Intervenção Cultural II que aconteceu na Fabrica de Cultura Vila Nova Cachoeirinha.. 


PARCEIROS



B.Girls: Letícia e Larissa - Lalá & Lelê 


Conhecidas como Bgirl Lalá e Bgirl Lelê iniciaram sua vida no hip hop através de um projeto chamado CJ180 fazendo aulas de street dance na zona leste de São Paulo, faziam parte de um grupo chamado MB²O, que com ele faziam apresentações em escolas, fábricas de culturas, céus e centros culturais. No ano de 2013 conheceram o breaking, e começaram a frequentar eventos e campeonatos. Em 2014 e 2015 já participavam de competições de breaking, nas categorias individual, dupla, trio e crew. No final de 2015 se juntaram com alguns amigos e foram selecionados para participar do Master Crews, maior campeonato de breaking da América Latina.  Em 2016 fundaram um grupo com algumas amigas chamado We Dance 4 Love, que nada mais é que um grupo formado apenas por bgirls em busca da proliferação da cultura breaking através da expressão de arte. Com esse grupo participam de campeonatos e fazem apresentações.



Max Musicalmente


Max Musicamente tornou-se rapper em 1994, isso aos 10 anos, ingressando no grupo Futuro do Rap. Suas primeiras experiências em composições foram na sala de aula por meio de trabalhos escolares. Sempre letras de conscientização e reivindicação. 
Filho de pernambucanos e tendo nascido e crescido em São Paulo, as influências musicais são bem variadas e vão desde os estilos “brega”, forró, por conta dos pais, como rap e soul music, dentre seus maiores representantes, Michael Jackson, MC Pepeu e Racionais MC’s.R&B como Musiq SoulChild, Brian Mckinigth, Foreing Exchange, Dwelle, Filiph Neo, Silvera e Sorry Drummer e gospel music como Fred Hamond, Kirk Franklin, Robson Nascimento, Cacau Siqueira. Conscientização é a palavra chave do mais recente trabalho do rapper Max Musicamente, o DVD Superação, gravado ao vivo no Teatro do CEU - Vila Rubi,SP em outubro de 2009 e lançado em janeiro de 2013.Contém um show ao vivo de 1 hora, mais bônus com videoclipes, depoimentos e fotos, traz participações especiais de Cacau Siqueira, Filiph Neo, Gaspar Santos, Luciano Teck, Amanda Maria, DJ Joilson, Rene (Gana/África) e muito mais.





EDUCADORES DAS TURMAS DE 2015


Oficineiro Break - SOTTA 


Atualmente reside em São Paulo, B-boy, Graffiteiro e Educador, Sotta como é conhecido, esta no Breaking há mais de 6 anos e atua como integrante da Gang Style Tradicional desde 2012. Em Teresina - PI, 2009 atuou no projeto Neguinho (B-boy Brasileiro) em Workshop sobre os fundamentos do Breaking, campeonato batalha do sertão. Em 2012 participou de campeonatos e palestras como o Puber (B-boy Brasileiro na Casa das Caldeiras), Thisis  ( B-boy americano no CCJ, Kill ( B-boy Koreano) e Marcio( B-boy Frances)  no Power Move, todos em São Paulo - SP. Em 2013. Como educador cultural em diversos Workshops nos SESCs Bauru, Santo Amaro, Bom Retiro, Catanduva, entre outros. Ministrou aulas de Break na Cia de Dança Núcleo Dirceu Teresina PI, no Céu Lageado e na Ação Educativa. 



Oficineira Dj -  TATI LASER


Tati cresceu ouvindo todos os tipos de música e decidiu ser DJ ainda na adolescência quando em uma pesquisa encontrou uma oficina cultural na qual aprendeu o básico de discotecagem. Em 2007, integrou a crew de Djs As Minas Pá com Djs Vivian Marques e Dj Juju Denden. Em 2010, participou do projeto de turntablism chamado Applebum Crew com as DJs Simmone, Lisa Bueno, Mayra e Vivian Marques, que conquistou, naquele ano, o terceiro lugar na edição brasileira do Campeonato DMC. Além de comandar as pistas de diversas casas noturnas a DJ desempenhou trabalhos de educador sócio cultural nos projetos: “Hip Hop de Salto” – 2009/2010 – SP /Brasil e Cenpec Fundação Casa - 2013 – SP/Brasil Ensinando as técnicas de mixagem, apresentações e interação com os internos de 20 unidades da Fundação Casa.



Oficineiro Mc/Beatbox - BORRACHA


Borracha Beatbox é educador social a onze anos e desenvolve atividades pedagógicas em suas oficinas promovendo momentos lúdicos por meio de oficinas de comunicação, usando como ferramenta principal a Cultura Hip Hop e o Rádio. Especialista em imitar instrumentos com a boca (BeatBox), Mc Borracha é Locutor, Apresentador, Animador de eventos e Rapper. Em 2010, foi mestre de cerimônia do campeonato de break Dance Harmônicas Batalhas, um dos maiores eventos de dança do país e permanece atuando como apresentador em diversos espaços culturais e sócio educativos. 



Oficineira Graffiti - ZIZA

Ziza, formada em Design de Moda,  trabalha com técnica de graffiti desde 2006, no inicio o foco do seu trabalho era voltado diretamente a produção de ilustrações com influência a técnica de história em quadrinhos, atualmente trabalha com peças com a influencia da cultura negra e da Street Art. Já teve seus trabalhos expostos no Museu da Pessoa, Museu Afro Brasil, Galeria Olido, Galeria Central, Galeria Mônica Filgueiras entre outros e no exterior expôs em Berlim e Washington DC. 




EDUCADORES DAS TURMAS DE 2013




B.Girl Formiga ( Michelle Ferreira)

Há 10 anos através da cultura hip hop, visando o estudo e experiência como linguagem de ensino e trabalho social, desenvolve oficinas de breaking, dentro e fora do Brasil. Participou do intercâmbio City Of Hip Hop – Berlim / Festival Festa 2H – Senegal / Assalam Alekoun Festival - Mauritania  entre tantos outros dentro e fora do País. 







Dj Soares

Diferente de seus parceiros do Clã Leste, o primeiro contato musical do DJ Soares foi com o rock’n’roll, ritmo preferido de seus tios. Em 2003, os vídeos de hip hop da época despertaram seu interesse para a arte dos toca-discos e foi então que começou a tocar.
Sets comuns passam longe de suas apresentações dinâmicas, em que mistura mixagem e turntablism, mash-ups e edições de clássicos e novidades do hip hop, funk, do rock e da música eletrônica, passando por clubs pelo Brasil e pela Europa como: Londres, Paris e Estocolmo.
Beatmaker de primeira, Soares já produziu para artistas e bandas como Nathy MC, Henrick Fuentes, Emicida, Primeira Audição, Mo'Dyé e Santo Rei.


Campeonatos
2009 – Clã Leste fica em 4º lugar no DMC World Team
2009 – Clã Leste é campeão do DMC Brasil Team
2010 - Clã Leste fica em 4 º lugar no DMC World Team





Mc Borracha


Jeferson Nascimento apelidado Borracha Beat Box é Comunicador, Radialista formado na especiaria de Locução, Arte Educador há mais de 10 anos, ministra oficinas de M.C., Rádio, Comunicação Comunitária e Beat Box. M.C., Beat Boxer especialista em imitar instrumentos com a boca, apresentador, DJ animador e orientador socioeducativo II, 

atua na função de Arte Educador, Coordenador e Diretor do programa Voz do Morro que vai ao ar de segunda à sexta na rádio Visão fm 92,5 em Cubatão e ministra oficina de Comunicação Comunitária em aulas práticas na linguagem radiofônica





Ziza (Graffiti)

Regina Elias da Costa, nome artístico Ziza, 23 anos, formada em design de moda, trabalha com técnica de graffiti a 7 anos. Seu trabalho tem formas geométricas e irregulares, e remete a um leve desconforto sobre as formas estéticas; suas ilustrações têm formas femininas e com características da cultura negra e da cultura de rua.

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS